DEMÔNIO FAMILIAR (O) -

Código: 39

Autores: Alencar, J.

Editora: EDITORA UNICAMP

De R$ 31,00 Por R$ 5,00
SINOPSE
 
Em 5 de novembro de 1857, era representada a comédia O demônio familiar no Teatro Ginásio Dramático, no Rio de Janeiro. A peça alcançou grande sucesso, consagrando José de Alencar como renovador da cena teatral brasileira. O enredo gira em torno das confusões armadas pelo escravo doméstico Pedro, um menino que deseja ser cocheiro, mas para isso precisa casar seu senhor, o médico Eduardo, com uma mulher rica. Para tentar realizar seu sonho, mente e engana, desmanchando prováveis casamentos e arranjando outros. Com essa comédia realista, José de Alencar louvava a família burguesa, reproduzindo seus costumes com o máximo de naturalidade para mostrá-la como exemplo de uma sociedade moralizada e civilizada, exemplo a ser seguido pelas demais camadas sociais. José de Alencar (1829-1877) foi um romancista, dramaturgo, jornalista, advogado e político brasileiro. Foi um dos maiores representantes da corrente literária indianista. O principal romancista brasileiro da fase romântica. Destacou-se na carreira literária com a publicação do romance O Guarani, em forma de folhetim, no Diário do Rio de Janeiro, que alcançou enorme sucesso e serviu de inspiração ao músico Carlos Gomes que compôs a ópera O Guarani. Foi escolhido por Machado de Assis para patrono da cadeira n. 23 da Academia Brasileira de Letras.
FICHA TÉCNICA
 
ISBN: 8526806181
Ano da Publicação: 2003
Edição: 1
Formato: 21,00 x 14,00 x 1,00 cm.
Nº Páginas: 232 pp
Peso: 270 g.