Editora Unicamp

Editora Unicamp
 

CIÊNCIAS HUMANAS » COLEÇÃO FAUSTO CASTILHO


Compartilhe:

Tratado da emenda do intelecto
Editora UnicampClique na(s) imagen(s) para ampliar
Editora Unicamp
Editora Unicamp



Tratado da emenda do intelecto

Autor: Espinosa
Tradutor: Cristiano Novaes de Rezende

ISBN: 978-85-268-1233-8

Edição:

Ano: 2015

Páginas: 104

Dimensões: 16x23

Por: R$ 30,00
ou R$ 15,00 à vista
com 50% de desconto









Editora Unicamp Editora Unicamp Indique este produto para um amigo
Descrição

Ante omnia, antes de tudo. Eis a expressão que situa o Tratado da emenda do intelecto no interior do sistema espinosano. Não apenas por ser, muito provavelmente, a mais antiga obra escrita por Espinosa. Nem somente porque, tratando do método, o texto narra e explica o caminho que conduz à Philosophia. Mas principalmente porque a tarefa preparatória consiste, paradoxalmente, no reconhecimento de que aquilo que esperaríamos encontrar alhures, como uma meta ao fim desse caminho, sempre esteve junto de nós: “temos, pois, uma ideia verdadeira”. O Tratado da emenda do intelecto é um texto sobre a descoberta da imanência, pois, sob a forma dessa atividade produtiva das ideias verdadeiras e das propriedades que o intelecto há de possuir para exercê-la, encontramos em nós uma expressão da própria causalidade imanente pela qual Deus, ou seja, a Natureza, produz todas as coisas como seus efeitos internos.


Sobre o Autor
Autor: Benedictus de Spinoza (ou Bento de Espinosa) nasceu em 1632, em Amsterdã, e faleceu em 1677, em Haia. Formou-se no complexo ambiente cultural da Holanda no século XVII, no qual os ideais de tolerância religiosa e liberdade de pensamento lhe permitiram ter contato tanto com as obras de grandes pensadores hebraicos, quanto com a cultura greco-latina ou com a filosofia dos modernos inovadores, mas não lhe pouparam de ser, ainda jovem, expulso da comunidade judaica ou de ser alvo de uma tentativa de assassinato. As causas de tais hostilidades ligam-se, em última instância, à defesa, por parte de Espinosa, da tese que posteriormente se celebrizou na expressão Deus sive Natura (Deus, ou seja, a Natureza). Ao redor dessa tese, organiza-se uma filosofia de caráter marcadamente sistemático, passando pela lógica e pela teoria do conhecimento até alcançar o campo da ética e da política. Tradutor: Cristiano Novaes de Rezende graduou-se em filosofia pela Unicamp, fez mestrado e doutorado na USP, na área de História da Filosofia Moderna, com ênfase nas relações de continuidade e ruptura da modernidade com a antiguidade, tratando especialmente de tais relações na filosofia de Espinosa. Atualmente é professor da Faculdade de Filosofia da Universidade Federal de Goiás, em Goiânia.


Outras Ofertas

Nenhuma oferta no momento!

Opções de compra:

Este título está disponível em dois formatos: ePub2 (com links para acesso a imagens, áudio e vídeo que necessitam da internet para funcionar) e ePub3 (com links internos para acesso a imagens, áudio e vídeo que não necessitam da internet para funcionar). A escolha do formato depende do reader ou do equipamento que será utilizado para leitura. As livrarias oferecem informações detalhadas sobre as opções disponíveis para cada formato antes de a venda ser realizada.


ePub2

ePub3

CONTATOS COMO PUBLICARPARECER DE ASSESSORIA COMO CHEGAR DISTRIBUIDORES

VENDAS - (19) 3521.7718 ou 7728 - vendas@editora.unicamp.br