TERRA AUSTRAL CONHECIDA, A

Código: 251

Autor: Foigny, G

Editora: EDITORA UNICAMP

De R$ 55,00 Por R$ 27,50
SINOPSE
 
Em 1676, um ex-franciscano convertido ao calvinismo e mais tarde reconvertido ao catolicismo, Gabriel de Foigny, criticou a simbiose entre política e religião que ocorria tanto na sua França natal como na sua Suíça adotiva. O meio literário utilizado para tanto foi a descrição de uma sociedade imaginária que, como um espelho, revelasse a sociedade europeia a si mesma, através de sua inversão. Nem por isso A terra austral conhecida escamoteia as contradições de toda situação utópica. De fato, diz o autor, de um lado não se pode deixar de buscá-la: “é necessário que o homem seja ativo, pretenda e deseje algo para que não se torne semelhante a uma pedra, pois, quando ele nada mais quer, torna-se imóvel e sem ação”. De outro lado, porém, alcançá-la é esvaziá- la, é negá-la: “nossa natureza torna-se preguiçosa quando nada lhe falta, e a ociosidade a torna bruta e insensível”. Preciosas lições, que, como outras da narrativa de Foigny, agora colocada ao alcance do público brasileiro neste livro bem traduzido e apresentado, merecem reflexão. (Hilário Franco Jr.) Gabriel de Foigny (1630?-1692) teria nascido no povoado de Foigny, no norte da França, e terminado seus dias em um convento na Saboia. A tradutora, Ana Cláudia Romano Ribeiro, é doutora em teoria e história literária pela Unicamp e pesquisadora do Centro de Pesquisa sobre Utopia e do grupo Renascimento e Utopia da Unicamp.
FICHA TÉCNICA
 
ISBN: 9788526809536
Ano da Publicação: 2012
Edição: 1
Formato: 21,00 x 14,00 x 1,50 cm.
Nº Páginas: 248 pp
Peso: 300 g.