CONFLITO E RESISTÊNCIA NA FILOSOFIA POLÍTICA DE ESPINOSA

Código: 537

Autor Silva, D. S.

Editora: EDITORA UNICAMP

R$ 70,00
SINOPSE
 

Conflito e resistência na filosofia política de Espinosa é uma contribuição fundamental para os estudos espinosanos. Se a noção de conflito é bastante explorada na literatura, a abordagem de Daniel Santos da Silva é nova. Já a noção de resistência tem aqui um desenvolvimento que não se encontra na literatura internacional. Com pleno domínio das tradições francesa, italiana e latino-americana de estudos da filosofia de Espinosa, o autor apresenta um tratamento rigoroso da complexa noção espinosana de lei e das relações entre afetividade, resistência e movimentos das multidões. O tema da resistência política, sua vinculação com a liberdade e a noção política de conflito são de grande interesse não apenas para especialistas em Espinosa, mas também para a reflexão política contemporânea, em que questões tipicamente espinosanas podem levar a repensar os desafios atuais para a democracia.

Daniel Santos da Silva iniciou sua trajetória na filosofia em Fortaleza, onde se graduou e fez mestrado na Universidade Estadual do Ceará (Uece). Na Universidade de São Paulo (USP), fez o doutorado e o pós-doutorado com trabalhos focados na filosofia política de Espinosa, orientado e supervisionado por Marilena Chaui. Foi membro do Grupo de Estudos Espinosanos da USP, gestando ali muitas das ideias apresentadas nesta obra.


FICHA TÉCNICA
 
ISBN: 9786586253429
Ano da Publicação: 2020
Edição: 1
Formato: 23,00 x 16,00 x 2,00 cm.
Nº Páginas: 312 pp
Peso: 470 g.