ORIENTAÇÕES - COMO PUBLICAR

 

A Editora da Unicamp tem por objetivo publicar obras relevantes de caráter acadêmico para a difusão do conhecimento e o aprimoramento dos estudos universitários nas várias áreas do saber. Além de obras originais, a Editora também acolhe propostas de tradução, desde que os títulos contribuam para o ensino superior, preencham lacunas do catálogo ou favoreçam o desenvolvimento de áreas específicas do conhecimento.

Há dois caminhos para publicação:

a) Por meio de fluxo contínuo. A Editora recebe propostas de livros nas várias áreas do conhecimento, durante todo o ano. São aceitas propostas de publicação de obras nacionais ou para tradução.

b) Por meio de editais de prospecção, periodicamente publicados.

 

O Conselho Editorial não examina:

1) Propostas de publicação de obras de ficção, poesia ou teatro. Textos dessa natureza serão examinados apenas quando dotados de um aparato crítico que justifique sua publicação por uma editora universitária.

2) Trabalhos de conclusão de curso e dissertações de mestrado.

3) Propostas derivadas de tese de doutorado ou de livre-docência, bem como de relatórios de pesquisa pós-doutoral que não assinalem as adaptações realizadas no trabalho original com vista à sua publicação em formato de livro e à divulgação para um público amplo.

Entre tais adaptações encontram-se redação uniforme do trabalho e edição de textos excessivamente longos de referencial teórico e metodológico, notas de rodapé e revisão de literatura.

4) Propostas incompletas ou livros em versões preliminares.

5) Propostas que estejam tramitando em outra editora.

6) Propostas de coletâneas de vários autores que contenham capítulos que já tenham sido inteira ou parcialmente publicados em livros.

Cumpre salientar que a obra coletiva deve apresentar uma padronização, como uso de notas bibliográficas e de rodapé, por exemplo, além de clara coesividade temática e disposição equilibrada das contribuições que a integram.

7) Propostas de obras monográficas que contenham, sem referência à fonte original, capítulos ou trechos já publicados em quaisquer meios e formatos de comunicação (como livro autoral, capítulo em coletâneas, artigo em revistas científicas e periódicos não especializados, por exemplo).

8) A Editora poderá avaliar propostas de tradução de obras encaminhadas por professores ou pesquisadores universitários, desde que os títulos contribuam para o ensino superior, preenchendo lacunas ou auxiliando no desenvolvimento de áreas específicas de pesquisa.

As propostas de tradução devem ressaltar a importância da obra para a área do conhecimento na qual se enquadre, explicitando sua relevância e justificando a necessidade de sua disponibilização em português.

 

 

Se algum dos impedimentos acima for identificado, em qualquer estágio do processo de avaliação, a proposta será recusada.

 

Etapas para aprovação da proposta de publicação da obra pelo Conselho Editorial da Editora da Unicamp:

1) Estudo de viabilidade financeira da proposta.

2) Verificação do ineditismo da obra.

3) Acolhimento da proposta pelo Conselho Editorial.

4) Encaminhamento para dois assessores de mérito.

5) Aprovação da proposta pelo Conselho Editorial.

 

Condições para aprovação da obra pelo Conselho Editorial em consonância com suas competências estabelecidas no artigo 8o do regimento da Editora:

1) Teor e indicação dos pareceres de mérito, imprescindíveis para subsidiar a deliberação final pelo Conselho Editorial.

2) Relação da obra encaminhada com o perfil dos livros acadêmicos publicados pela Editora.

3) Pertinência da obra para o catálogo e suas necessidades.

4) Relação da obra com as linhas editoriais vigentes ou com as que estão sendo prospectadas.

5) Avaliação do potencial da obra para a difusão do conhecimento.

6) Viabilidade econômica à luz dos recursos financeiros disponíveis.

 

Fase 1 – Apresentação da obra

A) O(a) autor(a) deverá acessar o SITO – Sistema de Tramitação de Obras da Editora da Unicamp (clique aqui). Após efetuar seu cadastro, deverá preencher o formulário de submissão e anexar um arquivo contendo a versão final da obra. 

B) A versão completa da obra deve ser apresentada conforme o padrão editorial da Editora da Unicamp. Para as recomendações e normas   (clique aqui)

C) O(a) autor(a) deverá, no ato de submissão da proposta, no formulário a ser preenchido na plataforma Sito, informar se há interesse de coedição em relação à obra apresentada.

D) O Conselho Editorial analisará esses documentos e decidirá pela continuidade ou não do processo, dependendo de sua adequação à linha editorial e da viabilidade econômica de sua produção.


Fase 2 – Exame dos originais

A) Os originais aprovados na Fase 1 serão objeto de avaliação de mérito por dois assessores ad hoc, que emitirão parecer formal.

B) Os pareceres serão examinados pelo Conselho Editorial, que decidirá pela aceitação ou não do trabalho e definirá o cronograma de publicação.

 

Fase 3 – Preparação e entrega dos originais de obras aprovadas

A) Aprovada a proposta de publicação, o autor receberá comunicado da Secretaria da Editora.

B) Não serão aceitas substituições ou inclusões de capítulos, parciais ou não, posteriores à aprovação do livro pelo Conselho.

C) Após a entrega dos originais e a certificação de que não há pendências de qualquer ordem, o autor assinará o contrato de edição.